Como fazer a gestão estratégica de custos em telefonia?

A comunicação é uma ferramenta essencial para qualquer organização. E, no Brasil, o telefone é uma das ferramentas mais utilizadas nas empresas para esse fim. Porém, os serviços de telefonia oferecidos no país ainda deixam muito a desejar e são caros. Por isso, é importante fazer uma gestão estratégica de custos para diminuir os gastos com telefonia.

Conheça algumas opções de ferramentas e estratégias que podem promover a redução de custos e fazer toda a diferença:

 

Gestão estratégica de custos: como fazer

1 – Telefonia digital

Uma dica de ouro para diminuir os gastos da empresa é apostar na telefonia digital, também conhecida como telefonia IP.

Essa tecnologia permite que as ligações sejam realizadas através da internet, com chamadas de ótima qualidade e custo reduzido, já que a empresa não precisa utilizar a telefonia convencional para efetuar as chamadas.

A telefonia digital, além de mais barata, oferece todos os serviços da tecnologia convencional, como secretária eletrônica, ligação entre ramais dentro da própria empresa (que normalmente são gratuitas), chamadas em espera, entre vários outros serviços.

Até mesmo as chamadas internacionais podem ser realizadas por meio da telefonia IP, com custo bastante inferior aos valores praticados pelas operadoras brasileiras.

2 – Auditoria de faturas

Todas as operadoras de telecomunicações emitem as faturas de seus serviços para a sua empresa todos os meses, que muitas vezes vêm com erros nos valores cobrados, que acabam passando despercebidos.

Nem todos sabem, mas, ao fazer uma gestão estratégica de custos com a análise dessas cobranças por meio de uma auditoria, é possível recuperar os valores cobrados de forma indevida junto a operadora e reaver valores de até três anos atrás.

3 – Roaming

roaming internacional é um dos grandes vilões nos custos de telefonia de uma empresa. Para evitar esse tipo de gasto, é interessante que a organização invista em aplicativos que façam a identificação dos usuários que estão nessa situação.

Pagar por um aplicativo ou investir em um dispositivo que identifique chamadas em roaming é muito mais barato para as empresas do que pagar as altas taxas cobradas pelas operadoras brasileiras.

Essa é uma atitude simples que pode fazer toda a diferença na hora de reduzir custos com telefonia na organização, que muitos gestores não implantam na organização por falta de conhecimento sobre o assunto.

4 – Uso de softwares inteligentes

Ao investir em um software inteligente para fazer a gestão estratégica de custos com telefonia, é possível visualizar todos os gastos da empresa com o serviço e fazer as adequações necessárias, que têm como consequência uma redução de custos significativa para a companhia.

Uma ação simples, como o bloqueio de serviços de voz que não são corporativos, mas que constam nas faturas, como, por exemplo, SMS para programas e propagandas, chamadas para serviços 0300 – que cobram por minuto – entre outros, já trazem um retorno positivo para a organização.

Essas dicas são bastante efetivas quando aplicadas individualmente, mas, com a gestão estratégica de custos, é possível combinar todos esses processos e promover uma excelente redução de gastos com telefonia na empresa.

Gostou das dicas? Já implantou alguma delas no seu negócio? Então deixe a sua opinião sobre o assunto nos comentários!