Entenda o que são fibras monomodo e quais os benefícios do seu uso

O uso da fibra óptica no ambiente corporativo é uma tendência que tem ganhado força nos últimos anos em vários países. Com o avanço de serviços de computação na nuvem, Big Data e outras ferramentas que demandam conexões de alta capacidade, a fibra tornou-se um pré-requisito de qualquer infraestrutura de rede moderna. Ela é a tecnologia capaz de garantir conexões estáveis, enviar e receber grandes quantidades de dados e com baixa latência.

Nesse sentido, a construção de uma infraestrutura de rede corporativa para aplicações de grande porte muitas vezes utiliza cabos de fibra óptica monomodo. Eles dão mais suporte para comunicações de longa distância e que demandam um material mais robusto.

Quer saber como essa tecnologia funciona? Confira!

O que são as fibras monomodo?

A fibra óptica monomodo foi criada com o foco em comunicações de longa distância. Esse cabeamento tem um núcleo com tamanho entre 3 µm e 8 µm e uma casca de 125 µm. Em cada fio, é possível enviar e receber dados por meio de ondas com comprimento entre 1.310 µm e 1.550 µm por pelo menos 4 quilômetros sem atenuação significante.

Como a fibra monomodo se diferencia das fibras multimodo?

As características da fibra óptica monomodo foram responsáveis pelo seu direcionamento dentro do ambiente corporativo. Elas têm a capacidade de enviar e receber dados por longas distâncias com baixa atenuação, especialmente quando comparado com cabos multimodos. Enquanto os cabos monomodos atingem ao menos 4 quilômetros, os multimodos têm um alcance de 2 quilômetros em cabeamentos estruturados.

Os cabos de fibra óptica multimodos atingem taxas de transmissão de até 40 Gbps/s, diferentemente das fibras multimodo, que atingem até 10 Gbps. Graças a isso, eles podem ser utilizados em aplicações que utilizam uma quantidade maior de banda, como processamento de dados.

No entanto, as fibras monomodo têm um espectro mais restrito de ondas e, por serem mais complexos, têm também um custo de contratação maior. Além disso, assim como outros tipos de fibra óptica, as fibras monomodo são imunes a interferências de ondas eletromagnéticas e ondas de radiofrequência.

Quais são os benefícios do uso de fibras monomodo no ambiente corporativo

Os cabos monomodo têm como uma de suas principais vantagens a alta largura de banda. Apesar de serem menos versáteis do que a fibra multimodo, eles podem transmitir informações em taxas entre 10 Gbps e 40 Gbps. Como consequência, empreendimentos podem utilizar serviços de rede que demandam uma grande quantidade de dados com alta performance.

Outra vantagem desse tipo de cabeamento é a habilidade de ser utilizado em longas distâncias sem atenuação de sinal. Grandes companhias, que precisam de redes internas para ligar várias filiais, podem criar uma infraestrutura baseada em fibras monomodo de alta performance. E por conseguirem enviar e receber informações sem a interferência de ondas eletromagnéticas e de radiofrequência, o número de ambientes em que esse tipo de cabeamento pode ser utilizado é significantemente maior quando comparado com outras tecnologias.

Agora é a sua vez: qual a sua opinião sobre a fibra óptica? Você acha que ela será o futuro das comunicações de rede? Compartilhe a sua opinião conosco!