Gestão de redes: 4 estratégias para melhorar seu desempenho

A gestão de redes tem se tornado mais complexa a cada ano que passa, uma vez que não estamos tratando apenas da assistência de roteadores e switches. Uma boa equipe de TI precisa acompanhar as métricas de softwares, garantir segurança, estabilidade e além de tudo, elaborar planejamentos de melhoria.

Essa necessidade pode ser observada uma vez que a tecnologia deixou de ser apenas o suporte para as atividades de um negócio e passou a se relacionar de forma direta com suas necessidades estratégicas, tanto em termos de competitividade quanto no sucesso operacional.

Pensando nisso, preparamos este artigo com as 4 estratégias principais para potencializar o desempenho da sua rede e facilitar a administração de todos os recursos tecnológicos. Acompanhe!

  1. Escolha dos equipamentos corretos

Esse é um dos pontos mais importantes ao desenvolver a infraestrutura e o hardware ideal para a empresa. Nem sempre o produto com valor mais alto é aquele que melhor se destaca, portanto, é importante conhecer o que mais se adequa ao modelo do seu negócio e planejar tudo desde o começo.

Veja alguns dos itens que merecem mais atenção nesse sentido:

  • VPN empresarial;
  • Servidor dedicado;
  • Servidor virtualizado;
  • Soluções de internet;
  • PABX virtual e Tronco digital.
  1. Manutenções preventivas

A manutenção preventiva é uma parte importante da gestão de redes. O objetivo dessa técnica é estabelecer práticas constantes com o intuito de destinar o melhor desempenho e eficiência, além de garantir a integridade dos equipamentos.

É muito mais seguro trabalhar em um sistema que adota tais métricas, já que possibilita um plano de ação rápido em casos de algum processo aparentar falhas. Certamente os custos relacionados à manutenção são insignificantes quando comparados à economia que a empresa pode ter em termos de estabilidade e hardware.

  1. Integração digital

Esse ponto é extremamente importante para facilitar a gestão. Existem programas preparados para monitorar a saúde e desempenho da estrutura digital, inclusive com a possibilidade de acompanhar os relatórios por meio de um smartphone ou tablet.

Assim, o administrador pode atentar-se para oscilações e adotar um controle muito mais amplo de seu negócio, inclusive quando não estiver na empresa. Aplicações de como esta são um ótimo investimento e podem criar um trabalho conjunto com seu provedor de serviços.

  1. Otimização do roteador Wi-Fi

Essa é uma das estratégias mais interessantes para a gestão de redes em uma empresa. De nada adianta contratar um bom provedor se seus roteadores não estão preparados e bem estruturados para comportar as necessidades do negócio.

Nesse sentido, assim como todo equipamento eletrônico, é necessário manter o Wi-Fi com o sistema atualizado, uma vez que existem vários padrões de conectividade para redes sem fio e que podem não atingir a performance máxima em roteadores sem a versão correta do software.

Confira outras dicas importantes para melhorar o sinal da sua rede:

  • Posicionar bem os equipamentos;
  • Busque canais de transmissão liberados;
  • Evite aparelhos que possam causar interferência;
  • Use repetidores de sinal.

E então, leitor? O que achou dessas dicas? Curta nossa página do Facebook e conheça outras estratégias para melhorar o trabalho da sua empresa.