O que você deve saber para contratar uma internet dedicada?

A demanda por bandas largas rápidas e estáveis é uma grande preocupação no mundo empresarial. É preciso saber escolher a opção mais ajustada às reais necessidades do trabalho que se desenvolve, tendo em vista uma série de critérios os quais discutiremos nesse post. Todavia, a opção por uma internet dedicada já se antecipa como a alternativa ideal de pacote corporativo.

Para você escolher o pacote de internet dedicada que atenda perfeitamente a sua empresa, não se esqueça de avaliar os seguintes aspectos da questão:

Dimensione a sua demanda por internet

Como dimensionar a velocidade de internet de que sua empresa precisa? Sabe-se que, quanto maior a banda larga, maior é o volume de dados que poderão ser transmitidos por segundo. A questão é: que tipo de dados são mais recorrentes e necessários na sua empresa?

A largura da banda, atualmente, é medida em megabytes por segundo. É comum encontrar provedoras que ofereçam de 1 à 100 mbps. Lembrando que, a partir de 5 megas, já é possível ao usuário comum acessar serviços de e-mails e anexos, streaming de áudio e vídeo, realizar vídeo-chamadas em baixas resoluções, entre outros recursos.

Todavia, empresas necessitam de pacotes que ofereçam larguras maiores de banda, pelo simples motivo de que, além desses serviços mencionados, haverá vários dispositivos conectados, possivelmente uma rede de compartilhamento de arquivos, scanners e impressoras. Por isso, considere pacotes acima dos 10 mbps.

Além disso, há que se mencionar que seus computadores precisam estar equipados com núcleos de processamento e memórias ram suficientes  para não comprometer o uso da internet. Para se ter uma ideia, apenas um navegador como o Google Chrome com algumas abas abertas costuma consumir cerca de 1 giga de ram. Máquinas desatualizadas são inaptas para trabalharem online de forma dinâmica e eficiente.

Saiba qual é a taxa de download e upload ideal para o seu negócio

Nesse quesito, temos uma das principais vantagens em se contratar uma internet dedicada ao invés de um link compartilhado (os combos das operadoras). Em um link dedicado, a taxa de download e upload é mais alta, o que garante um manuseio mais rápido de arquivos na nuvem, que podem ser enviados e baixados de maneira mais dinâmica.

Outro detalhe são serviços de telefonia e vídeo-chamadas que dependem exclusivamente dessas taxas para funcionarem bem. Empresas que se utilizam de serviços como Voip e Skype devem dar preferência a pacotes mais robustos de internet dedicada para não ter problemas de transmissão e recepção dos dados.

Lembre-se de que estabilidade é a principal vantagem da internet dedicada

Empresas precisam de estabilidade no sinal, principalmente quando se trata de atendimento ao cliente. Sistemas lentos ou instáveis causam uma péssima impressão. Com a internet dedicada, o link fornecido não é congestionado, por isso, o tráfego de dados tende a ser muito mais rápido e estável.

O barato que sai caro: entenda por que a internet dedicada é também economia para sua empresa

Ainda que o sinal fornecido pelas operadoras de internet compartilhada tenha um preço inicial menor, essas empresas só estão obrigadas pela Anatel a fornecer 30% da velocidade de internet prevista no contrato. Já com um link dedicado, você terá 100% da velocidade, sem oscilações de velocidade ou instabilidade na conexão.

Essa confiabilidade, a médio e longo prazo representa uma economia para a empresa, uma vez que proporcionará maior eficiência nos processos que dependem de internet.

Então, você tem uma experiência positiva com internet dedicada em sua empresa? Compartilhe conosco deixando seu comentário.